Alguma da obra poética dos seus heterónimos, especialmente o Livro do Desassossego de Bernardo Soares...

.posts recentes

. Temor da morte

. sem título

. Trecho 433, Livro do Desa...

. trecho 188, Livro do Desa...

. trecho 182, Livro do Desa...

. ...

. Carta a Ophélia não datad...

. Ode de Ricardo Reis

. Trecho 381 do Livro do De...

. outra Ode de Ricardo Reis

.arquivos

. Outubro 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

Quarta-feira, 1 de Novembro de 2006

Carta a Ophélia não datada

Meu Ibis Chamado Ophelia:

Pasma, ente pequeno e pessimo! aqui te estou escrevendo, contra meu habito, uso e costume! Parece impossível - mas não há duvida. A penna corre sobre o papel, tem tinta, e por isso produz lettras. Essas lettras formam palavras... mas (diga-se a verdade) essas palavras não tem um sentido por ahi além.
Ibis do Ibis: quero jinhos, quero muitos jinhos. Tenho fome de jinhos, tenho sêde de jinhos, tem somno de jinhos. Só jihos é que não tenho.
Amanhã, á 1 hora, passo pela tua casa, como está combinado. Creio que me conhecerás; mas é possivel que eu passe disfarçado de vendedor de cauttelas, ou de mão de vacca, ou de carroça por concertar. Não sei ainda. Se tiver juizo, irei por meu pé. Se não tiver juizo, irei por meu juizo.
Sabes que estou quasi pensando em que terei, afinal, tempo de te ir esperar? Se verificar que sim, levo eu mesmo esta carta, e entrego á Ibis do Ibis da Ibis do Ibis.
O mais natural, porém, é que (o contrário do que está acima).
Nesse caso esta carta irá ter a casa da tua irmã. Mandal-a-hei por alguém, pois é tarde de mais para a deitar no correio.
Tu, hoje e amanhã, se tiveres occasião e te quizeres lembrar de um certo Ibis que gosta um tanto ou quanto de ti, faz o possível por te lembrar. Sim, Ninhinha do Nininho do Bébé do Ibis da Vespa do

                                                                                                                  
                                                                                          
                                                                                                                                                Fernando


Jinhos x um milhão
publicado por busybee às 13:31
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Tomás a 17 de Novembro de 2006 às 19:11
Impressionante o Fernando Pessoa a dizer "Jinhos"
De Fernando Pessoa a 21 de Novembro de 2007 às 14:00
Impressionante não era palavra que eu usaria ;-)
De emprestimo a 28 de Janeiro de 2011 às 18:46
Adorei o blog, conteúdo muito bem escrito, layout bacana com cores amigáveis. Vou aproveitar e adicionar o blog nos meu favoritos. bjs! Maria Cecilia

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds